Michelle Bastos

Fotógrafa

Se existe um caminho a ser seguido na fotografia, Michelle Bastos percorreu vários. Com especialização em Retrato e Identidade Visual pela Escola de Fotografia de Paris Speos e mestrado em Fotografia Contemporânea pelo Instituto Europeu de Design de Madri, a Bacharel em Artes, Antropóloga e Cientista Política, Michelle Bastos possui seu trabalho exposto em coleções no Brasil (MAM do Rio de Janeiro, Museu Nacional de Brasília e Coleção Joaquim Paiva) e Portugal (Arquivo Fotográfico Municipal de Lisboa e Arquivo Fotográfico PHE). Também realizou exposições coletivas e individuais em Brasília/DF, Madri, Granada, La Palma de Gran Canária, Alicante/Espanha, Lisboa/Portugal, Goiânia/GO e Tiradentes/MG. Seu trabalho autoral toca questões sociais e de gênero e maneiras de ser, a interação corpo-espaço e corpo-identidade social.
Dedicou-se a biografia de Dulcina de Moraes (Dulcina de Moraes- Memórias de um Teatro Brasileiro), pela LGE Editora, publicado em 2007. Em 2017 foi premiada na Mostra Aberta de Portfólios do Festival de Fotografia de Tiradentes/MG, no ciclo de leitura de portfólio FotoCapital/DF e no Prêmio Nacional de Fotografia Goyazes/GO.
Suas exposições tiveram curadoria de Pedro David e João Castilho (“TransOeste”, MG e BH), Suzana Dobal (“Ladrões da Alma convidam: Portfólios”, Brasília, DF), Diógenes Moura (“Nicolettas”, Goiânia, GO), Renata Azambuja (“Sobre Linhas, Membranas e Fronteiras”, Brasília, DF) e Ricardo Cases (“Fotoziti”, Granada, Espanha). É idealizadora e coordenadora da Editora Estrondo, a primeira Editora Brasileira de Fotolivros dedicada a publicar mulheres.

Michele Bastos:
Site: michellefazestrondo.com |
  • Instagram
Editora Estrondo:
  • Facebook
  • Instagram

GALERIA

LIVE

REALIZAÇÃO
APOIO EDUCACIONAL
APOIO INSTITUCIONAL
PARCEIROS
APOIO
EVENTO FILIADO À

CONTATO

SIGA O FFP

Tel.: +55 11 9 4543 0200

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

© 2020.:Festival de Fotografia de Paranapiacaba