OBSCURA: Algumas Câmeras e Suas Imagens | Ana Angélica Costa

  O Festival de Fotografia de Paranapiacaba receberá este ano um recorte e uma itinerância da exposição “OBSCURA: algumas câmeras e suas imagens”, com obras de Dirceu Maués, Luis Alberto Guimarães, Monica Mansur, Miguel Chikaoka e Tiago Rivaldo. A exposição apresenta imagens feitas com câmeras artesanais (pinhole) que exploram o fenômeno da câmera obscura. 

    As câmeras são apresentadas como protagonistas: os artistas projetaram suas câmeras como parte do percurso para a criação da imagem desejada, evidenciando como um determinado tipo e formato de câmera define a imagem que com ela se pretende obter, aumentando o leque de escolhas e possibilidades a se levar em conta em um projeto fotográfico. Assim, foram expostas diferentes imagens de artistas e fotógrafos junto com as câmeras que as originaram.

  Com pesquisa e expografia de Ana Angélica Costa, a exposição tem como objetivo contribuir para o aprofundamento da reflexão sobre o papel da imagem na arte e na vida contemporânea, bem como mostrar as possibilidades artísticas e conceituais da construção de aparelhos produtores de imagens.

REALIZAÇÃO
APOIO EDUCACIONAL
APOIO INSTITUCIONAL
PARCEIROS
APOIO
EVENTO FILIADO À

CONTATO

SIGA O FFP

Tel.: +55 11 9 4543 0200

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

© 2020.:Festival de Fotografia de Paranapiacaba