Educação Refugiada | ACNUR - ONU

Segundo a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), a maioria das pessoas em situação de refúgio permanece sem a devida proteção de seus governos por cerca de 20 anos. Este período representa mais do que toda infância e boa parte da juventude das crianças refugiadas, que tem, em média, cinco vezes mais chances de estar fora da escola do que os demais. Atualmente, apenas 50% das crianças refugiadas tem acesso à escola primária e um percentual ainda menor delas chega ao ensino secundário. E apenas 1% dos refugiados chega à universidade.