PROGRAMAÇÃO PRESENCIAL

Participe da nossa programação!

Nos dias 6 e 7 de novembro teremos ações presenciais na Vila de Paranapiacaba*:

* As atividades irão seguir os protocolos de segurança sanitária referentes à pandemia da Covid-19 do município de Santo André e do Estado de São Paulo. Vacine-se, baixe o comprovante pelo aplicativo e-saúde SP ou Conecte SUS.

 
IMG_2496.jpg

EXPEDIÇÃO

CAMINHAR / INVENTARIAR #07 - RÉQUIEM VERMELHO
com Ricardo Luis Silva

06/11, às 9h

 

Duração: 6h

Valor: R$ 20

Local: Ipiranga (ponto de encontro: estação da CPTM Juventus Mooca/ catracas de desembarque para a av. Presidente Wilson.)

Inscrições: em @por.onde.o.homem.anda 

Vagas: 20

Caminhada fotográfica pela região do bairro Ipiranga, às margens do riacho que dá nome ao local. Reconhecer no território urbano a presença, mesmo que fantasmagórica, do riacho de águas vermelhas como viam os índios guaianases. Até onde a cidade ainda se relaciona com o Ypiranga?

Assumindo o convite de Francesco Careri, caminharemos construindo uma prática estética com o território, com a paisagem, com o corpo, com as percepções, com os registros da passagem de coisas, de pessoas, de momentos, de memórias. Passagem do tempo, no tempo. E com esses registros, estabelecer uma catalogação da experiência vivida, um inventário. Um inventário fotográfico inesgotável, assim como queria o escritor francês Georges Perec.

Nos dias subsequentes à caminhada, será produzido um fotozine com a síntese de todo o inventário coletivo, em tiragem limitada de 50 exemplares.

Percurso total: 13 km
Recomendações para os inscritos: roupas e calçados confortáveis, uma mochila leve com água e lanche (faremos uma parada para um almoço leve no caminho). Não é necessário ter prática com caminhadas longas, mas é recomendável ter uma boa disposição física. Os registros poderão ser feitos com máquinas fotográficas, celulares, desenhos, anotações, etc.

gabriela Biló.jpeg

EXPOSIÇÃO

TURI
com Gabriela Biló, Marlene Bergamo, Lalo de Almeida, Yan Boechat e Ueslei Marcelino

06 e 07 de novembro

das 10h às 16h

 

Local: Casa ARFOC-SP

Vila de Paranapiacaba

“TURI” é uma palavra de origem indígena que significa ‘fogo’. A exposição, com  fotos das retrospectivas da ARFOC-SP, é uma oportunidade de trazer o debate por meio do fotojornalismo e uma conscientização maior da importância da preservação do meio ambiente, e do próprio ser humano.

 
WhatsApp Image 2021-10-25 at 10.14.24.jpg

EXPOSIÇÃO

AMANHÃ SEREI RAIZ
1MULHERPORM2

06 e 07 de novembro

das 10h às 16h

 

Local: Estação Trem Turístico

Vila de Paranapiacaba

O Coletivo é formado pelas fotógrafas: Adriana Bertini, Ana Roberta Lima, Bia Parreiras, Cami Onuki, Carla Vanusa, Fernanda Klee, Fulvia Molina, Iara Venanzi, Karen Caetano, Laura Corrêa, Lucrécia Couso, Lynn Carone, Melissa Haidar, Paula Marina e Tina Leme Scott. Ao longo da plataforma da estação de trem, pairando suspensos a partir das estruturas metálicas do teto, estão pendurados tecidos trazendo imagens impressas e palavras que transpassam histórias e o tempo. 

 
Fuga ou Invasão - Carmem Peres.jpg

EXPOSIÇÃO

RESISTÊNCIA DA MEMÓRIA
EQUIPE FFP21
Curadoria Diana Vaz

06 e 07 de novembro

das 10h às 16h

 

Local: Casa 461

Vila de Paranapiacaba

A exposição Resistência da Memória apresenta 23 fotografias de 11 artistas que integram a equipe do Festival de Fotografia de Paranapiacaba (FFP) de 2021. Com curadoria de Diana Vaz, a mostra conta com obras de Ana Rosa, Antônio Cardoso, Beatriz Borges, Carmem Peres, Elaine Leme, Felipe Ferrara, Fernanda Cotrim, Gabriella Massa, Julia Ferraz, Keyla Santos e Thais Andressa.

Os trabalhos tem em comum a construção ou desconstrução da história. São fotos que registram manifestações políticas e populares; ruínas e espaços abandonados; e o próprio corpo como objeto de resistência. Estão presentes momentos de luta, nos quais se busca uma sobrevivência: de direitos, de liberdade, de diversidade, de existência e de memória.

 
2 (1).jpg

EXPOSIÇÃO

O RIO DELAS
DOLI OLIVEIRA, JOANNA BALABRAM, LUCIANA RIBEIRO, MARINA S. ALVES E TETÊ SILVA

06 e 07 de novembro

das 10h às 16h

 

Local: Centro do Visitante e Coreto

Vila de Paranapiacaba

Exposição concebida e protagonizada por mulheres que apresentem uma ligação e sensibilidade entre a fotografia e o olhar sobre o Rio de Janeiro. Com informações para além das imagens, dados concretos da cidade do Rio de Janeiro. Cartões postais serão distribuídos pela Via de Paranapiacaba. São obras de cinco fotógrafas cariocas, são elas: Doli Oliveira, Joanna Balabram, Luciana Ribeiro, Marina S. Alves e Tetê Silva. 

 
WhatsApp Image 2021-11-02 at 09.57.14.jpeg

OFICINA

LUIZ FERNANDO MENEZES

FOTOGRAFIA COM CELULAR - APLICATIVO SNAPSEED

06/11, às 14h   |   07/11, às 13h

 

Duração: 3h

Valor: gratuita

Local: Centro de Visitantes - Vila de Paranapiacaba

Inscrições: pelo formulário https://bit.ly/oficinaffpvila

Vagas: 20

Aprenda a fotografar com celular utilizando o aplicativo Snapseed com Luiz Fernando Menezes. 
Aproveite também o fim de semana para visitar a Vila de Paranapiacaba e participar do Festival de Fotografia que acontece nos dias 6 e 7 de novembro. Faça sua inscrição. São apenas 20 vagas por dia.

Luiz Fernando Menezes é jornalista e repórter fotográfico há 15 anos atuou como freelancer em diversos jornais, entre eles como free lancer na Folha de São Paulo, Estado de São Paulo, Marca Brasil entre outros.
Foi colaborador da Getty Images, Folhapress, Agência Estado e Fotoarena fotografando futebol, registrou toda a trajetória do jogador Neymar no Santos Futebol Clube.
Em 2012 descobre a Fotografia Mobile e começa a fazer fotografia de rua em São Paulo no Metrô, logo inicia suas experiências por meio de diversos aplicativos fazendo sobreposições buscando um novo conceito na aplicação da Fotografia Mobile.
Em Abril de 2016 uma de suas fotografias de smartphone foi publicada na Capa no jornal Folha de São Paulo.
Hoje Menezes desenvolve um trabalho baseado em retratos do cotidiano de brasileiros, e de sobreposições com a Fotografia Mobile, além de pesquisador da história da fotografia, ministra aulas e Workshops sobre a Fotografia Mobile em Escolas e Universidades.

 
 
Trilha dos gravatas 2021.jpeg

EXPEDIÇÃO

TRILHA DOS GRAVATÁS - OLHO D'ÁGUA - PARQUE MUNICIPAL NASCENTES DE PARANAPIACABA

AMA ASSOCIAÇÃO DE MONITORES AMBIENTAIS E CULTURAIS / VAL MATOS - TOUR ANTENADO

06/11, às 14h   |   07/11, às 14h

 

Duração: 0h30

Valor: R$ 15

Local: Centro de Visitantes - Vila de Paranapiacaba

Inscrições: pelo formulário https://bit.ly/3qaZ7IM

Vagas: 20

Dia 6, sábado - das 14h às 14h40 ou Dia 7, domingo - das 14h às 14h40 
Neste final de semana sábado e domingo. Em virtude da parceria entre monitores Ambientais com o festival de fotografia a taxa de acesso no parque nascentes será R$ 15,00.
Ponto de Encontro Centro de Visitantes da Vila 


Dia 06/11/ - AMA Associação de Monitores ambientais e culturais.
PIX = 36.205.153 /0001-12
Associação de Monitores ambientais e Culturais - WhatsApp 9.6498-2120
DIA 07/11 - Val Matos - Tour Antenado 


PIX = 955691423
Valdinete Maria Matos


Faça a sua inscrição: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSf_OiYsdlQuFdcfRnREi1g5YLuYS0CGT5bTLCDkM6ScSz1Frw/viewform


Sobre a trilha:
Possui 389m de extensão podendo ser percorrida em aproximadamente 30 minutos. Grau de dificuldade: fácil, possuindo declividade de 15ºGraus. O percurso é agradável em virtude das sombras das copas das árvores. Se destacando no nome por conta da presença de gravatás no trajeto.

 
WhatsApp Image 2021-11-02 at 09.57.14.jpeg

PROJEÇÃO 

Projeção de vídeos

150 fotos para SP, A Bienal dos Indígenas ( Amazônia Real) , Convocatória dia mundial da água, Povos Originários, Alunos do Senac-SP, Dia mundial dos Rios, Iandê – (Projeção do trabalho de Shinji Nagabe - Série Confinados), Periferia Viva

06/11, às 11h   |   07/11, às 11h

 

Duração: 5h

Valor: gratuita

Local: Projeção interna: CASA 458 – dia 6 e 7 das 11h ás 16h

Projeção externa: dia 6 às 18h30 na parede do Mercado da Vila

Aprenda a fotografar com celular utilizando o aplicativo Snapseed com Luiz Fernando Menezes. 
Aproveite também o fim de semana para visitar a Vila de Paranapiacaba e participar do Festival de Fotografia que acontece nos dias 6 e 7 de novembro. Faça sua inscrição. São apenas 20 vagas por dia.

Luiz Fernando Menezes é jornalista e repórter fotográfico há 15 anos atuou como freelancer em diversos jornais, entre eles como free lancer na Folha de São Paulo, Estado de São Paulo, Marca Brasil entre outros.
Foi colaborador da Getty Images, Folhapress, Agência Estado e Fotoarena fotografando futebol, registrou toda a trajetória do jogador Neymar no Santos Futebol Clube.
Em 2012 descobre a Fotografia Mobile e começa a fazer fotografia de rua em São Paulo no Metrô, logo inicia suas experiências por meio de diversos aplicativos fazendo sobreposições buscando um novo conceito na aplicação da Fotografia Mobile.
Em Abril de 2016 uma de suas fotografias de smartphone foi publicada na Capa no jornal Folha de São Paulo.
Hoje Menezes desenvolve um trabalho baseado em retratos do cotidiano de brasileiros, e de sobreposições com a Fotografia Mobile, além de pesquisador da história da fotografia, ministra aulas e Workshops sobre a Fotografia Mobile em Escolas e Universidades.